Batida Salve Todos

(Des)equilíbrio.

Pé direito em cima, esquerdo embaixo.
Mão direita apoiada no joelho direito e postura levemente curvada.
A tábua de madeira, elevada por quatro rodinhas coloridas, ganha velocidade enquanto o pé de baixo se encontra com o pé de cima, paralelos.
Uma leve brisa no rosto, intercalada por momentos de pânico da possível queda, se misturam enquanto o passo a passo acima se repete.
Assim é o equilíbrio.
Ao contrário do skate,onde é só seguir umas regrinhas da física como uma receita de bolo, o difícil mesmo é encontrar o equilíbrio na vida. Ali, na vida e não no skate, os momentos de pânico duram, invariavelmente, mais que a brisa no rosto.
Como equilibrar trabalho e vida social, por exemplo? Considerando uma matemática básica, nível terceira série primária, se você passa 8 horas no trabalho sobram 16 para a vida social. O precioso tempo é dividido entre as refeições, o supermercado, a fila do banco, 8 horas de sono, 30 minutos lendo, apagando e respondendo emails, enquanto duas horas vão embora lavando pratos, estendendo roupas e separando as meias de Victor das minhas. Pelos meus cálculos sobram 5 que se gasta no Instagram, no engarrafamento, escovando os dentes, tirando a maquiagem, escolhendo a roupa. Noves fora nada, restam, no máximo, uns 40 minutos que de tão exausta uso aleatoriamente olhando o facebook ou assistindo um seriado de tv .
E como equilibrar a maternidade com a culpa de nunca estar em casa? Aí a balança da vida pende para o lado mais fraco; é quando você dá ao seu filho um presente de 300 reais, mesmo longe do aniversário ou do Natal ou quando você deixa ele tomar coca-cola no almoço da segunda-feira. Inútil; quanto mais se tenta mais se desequilibram os pratos do bom senso.
Equilibrar o certo e o errado? Impossível.
A mentira ruim da mentirinha saudável? Improvável.
E para que lado vai a balança quando em um prato está o amor e no outro a insegurança?
Quem pesa mais, o medo ou a vontade?
E como dizer se o copo está meio cheio ou se é a vida que está meio vazia?
Para os equilibrados, ofereço meu desequilíbrio. Aquele, da corda bamba, do tentar de novo, do querer. Aquele cuja balança pende para o lado do coração e quando cai, se recompõe (por absoluta falta de opção).
Se você for o bêbado, serei a (des)equilibrista. Minha tarde não cai como um viaduto, mas como um dia que envelhece e deixa as vontades no escuro.
Desequilibrando o equilíbrio.
Sobe som:
“Arde aqui dentro de mim uma pouca vontade
Com gosto cortante de caco de vidro, desnutrida, exposta à fratura
Desequilibra, desequilíbrio”

Batida na TV: xadrez tartan.

O xadrez é mais velho que a fome. Pra você ter uma ideia, na história da moda ocidental, já tinha gente usando xadrez desde 700 antes de Cristo. Posso até apostar que Jesus, em pessoa, usou uma túnica quadriculada, amarrada com aquela cordinha na cintura que era o precursor do cinto. De lá pra cá muita coisa mudou e o xadrez pintou o cabelo e se valorizou.
Mas foi o tartan, um padrão específico de xadrez, composto de linhas diferentes e cores variadas, que bombou na Escócia.
Até hoje os homens usam as KILTS (saias masculinas daquela região). Mas aí, o povo da moda, que não é besta nem nada, copiou o tartan e ele virou tendência. E como o tartan invadiu as vitrines e lojas do mundo, nada mais justo que o Batida Salve Todos te ajudar a usar.
Atenção hein, que a matéria de hoje é para mulheres e homens (porque ninguém merece um bofe com figurino de “vou ali dançar quadrilha e já volto”)

E se você pensa que xadrez é tudo igual, pode tirar o seu tartan da chuva. Cada tipo de padronagem tem um nome e assim, todo inverno pode ter xadrez sem a gente enjoar.

xadrez

Batida na Tv: desfile infantil.

A MacToot é a marca de roupa infantil que desfilou no Batida na Tv da sexta passada. Só fofurice!

mactoot2

mactoot3

Com os looks aprendemos que: roupa de criança tem que ser confortável! Nada de colocar os pequenos fantasiados de adultos. Abaixo ao salto alto antes dos 15.

mactoot4

mactoot6

mactoot5

Aí embaixo, com a turminha de modelos mirins e Gabriela, estilista da MacToot.

mactoot7

mactootMAC

A Mactoot fica na Praça Doutor Lula Cabral de Melo, 68 – Parnamirim, Recife – PE, 52060-141 Telefone:(81) 3441-9647

Estilo, beleza e bem-estar.

Oba, evento massa ! O Batida é a favor da democratização da moda por isso, sempre me empolgo com eventos legais para o público em geral, gente normal, como eu e você. A dica da vez é a Semana de Estilo, Beleza e Bem-Estar que vai rolar em maio do Shopping Rio Mar. Serão três dias com palestras com a nata do lifestyle brasileiro: Glória Kalil, que vai falar sobre estilo (#asminapira), Gabriela Pugliesi, a blogueira mais sarada da blogosfera, que vai falar de fitness, Carlos Ferreirinha, expert em de mercado de luxo, Sadi Consati, criador da linha Intense do Boticário além de outros convidados que vão falar sobre beleza e bem-estar.

RioMarSemanaDeEstilo

O evento vai rolar nos dias 5, 6 e 7 de maio no Teatro RioMar. E para que todos possam ir aos 3 dias, os ingressos custam R$ 20,00 por dia (R$ 10,00 estudante) ou R$ 50,00 pelos 3 dias (R$25,00 estudante) e começam a ser vendidos amanhã na loja do Jornal do Commercio e na bilheteria do Teatro RioMar.

O mais lindo é que TODA a renda será revertida para o NACC (Núcleo de Apoio a Crianças com Câncer).

 Bora?

A moda contra a violência – Campanha #euligo180

ligo4

Moda é comportamento e fenômeno social. Sendo assim, nada mais justo do que ela própria criar, não só tendências no vestimento, mas tendências na conduta.

Pensando assim, o Disque Denúncia encontrou no mundo fashion uma parceria ideal: mulheres contra a violência!

A campanha #euligo180 quer não só repudiar todo tipo de violência contra a mulher, mas principalmente incentivar a denúncia dos agressores. Como participar? Pintando UMA UNHA DE BRANCO para divulgar o 180.

ligo3

Com apenas uma unha pintada de branco vamos mostrar às mulheres agredidas que elas não estão sozinhas.

Ah, não basta pintar; tem que divulgar. As redes sociais já estão cheias de #euligo180

ligo

Fácil, fácil.

Ainda nã tive tempo de pintar a minha (essa semana nem unha fiz) mas, amanhã mesmo vou sair para comprar meu esmalte branco. Opção não falta:

ligo2

Look da semana: parece mas não é!

Esse é o look que usei para gravar o programa sobre moda infantil. Gostei tanto que aproveitei pra fazer o look da semana.

O engraçado deste vestido é que ele é de algodão mas todo mundo acha que é paetê! Parece, mas não é.

É que a estampa é inspirada nos paetês, aí, na luz, parece de verdade. Toda vez que eu uso ele, as pessoas perguntam.

lookestudiofrase2

lookestudio

lookestudioanel

LookEstudioCostas

Vestido: Estúdio Zero, Sandália: C&A, Anel: Lubella.

Ai que calor ô, ô, ôooo, ôooooo.

Calor é a transferência de energia térmica de um sistema a outro. Se o Wikipédia estiver certo, a transferência foi realizada com sucesso. Todo o calor do universo, incluindo universos paralelos e o trem fantasma de Caverna do Dragão, foi automaticamente transferido para minha casa.
Aqui, enquanto tomo uma cerveja gelada, uma gota de suor escorre pelo cangote. Penso que só pode ser castigo e listo todos os meus pecados, em ordem alfabética, depois em ordem de importância, para prever o tempo dessa permanência in hell, Hellcife.
Pernambuco é quente e legal quando está na foto do panfleto de Porto de Galinhas, na vida real, o nível de calor faz a gente querer trocar o controle da tv por um índio que faça a dança da chuva.

- Você quer trocar a seu apartamento por um balde de gelo?

- Simmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm.

– Você trocaria seu carro por 10 minutos dentro da geladeira?

– Simmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm.

O que nos leva a uma única conclusão: Galileu estava errado. A Terra não gira em torno do sol, é o sol que gira em torno do Recife.
Tá tão quente que a geladeira pediu aumento e o ar condicionado ameaçou entrar em greve por melhores condições de tabalho.
Como prêmio de consolação temos que: vai durar o ano inteiro. Exceto por dias intercalados de chuva com calor, alagamento com abafado, enchente com mormaço. Fora isso, é só calor mesmo.


O mantra de sobrevivência do povo caranguejo: vem-nim-mim vento!


E quando seu namorado for, na hora do bem bom, sussurrar palavras quentes no seu ouvido para apimentar a relação, posso apostar que ele vai dizer: Casa Forte, Mustardinha, Encruzilhada, Torreão….. (e todos os outros bairros da cidade-cuscuzeira).
*Aquele momento que a cronista fica sem assunto e fala sobre o calor. #ElevadorFeelings
Mas quem consegue pensar com um calor desses?

Batida na TV: moda infantil.

Para as fashionistas mirins do meu coração e futuras it girls da cidade: um programa todinho para vocês! Com as tendências e dicas de looks.

Gostou? Então você não pode perder o desfile do ao vivo na sexta: a marca infantil Mactoot vai mostrar sua coleção inverno 2014.

Partiu!

Keep the faith.

Sou uma mulher de pouca fé.

Acho improvável Eva ter comido a maçã (porque toda mulher tem prisão de ventre e sabe que maçã prende), duvido que Noé tenha enchido um barco com girafas e onitorrincos, não acredito no coelho da páscoa e menos ainda que o airfryer frita coxinhas crocantes sem uma gota de óleo.

Se a fé é o ópio do povo, estou em desintoxicação.

Rehab, talvez.

Não acredito em vida eterna, em cartomante, nos búzios, nem nas cartas, mas, pasmem, acredito nas pessoas. Minha fraqueza.

Deve ser o gingado, a conversa mole, o praquê isso, a malemolência. Deve ser tudo isso misturado. O fato, no entanto, é que acredito.

Não tem pé atrás nem “vâmo ver no que vai dar”, se disser,eu confio. Se tentar vender (ideias, principalmente), eu compro.

Claro que, iniciado o procedimento de “me lasquei, ele(a) me passou para trás”, eu coloco em prática os ensinamentos de mamãe: “confiança é como virgindade, a gente só perde uma vez.”

Dou ré, na mesma velocidade que engatei a primeira, e volto sem olhar para trás.

Antes disso, no entanto, é inocente até que se prove culpado.

Tenho fé nos homens (e mulheres) de boa vontade.

Não se pode começar um amor, amizade, parceria, sociedade, se o pulo não for como em uma piscina: sem medo da profundidade.

Sabe nadar?

Se joga.

Se for fundo demais; prende a respiração, nada de peito até a borda, sobe no trampolim e começa tudo de novo.

 

 

Bauhaus.

É na estética Bauhaus, escola vanguardista de Design, Arquitetura e Artes Plásticas,que a marca de acessórios Trocando em Miúdos e a Duas Design, se inspiraram para lançar sua coleção inverno 2014. Com formas geométricas e cores primárias, as peças vêem com linhas e formas simplificadas.

Uma belezura só.

trocando2

trocando1

trocando3

Fotos: Paloma Amorim | Modelo: Gabi Fiuza – da Calma Monga.

A loja fina na Rua Ferreira Lopes, 129 – Parnamirim.

Batida na Tv ao vivo: desfile da Malakoff.

Sexta foi o dia da marca pernambucana Malakoff, da estilista Conceição Sales, desfilar no quadro do Batida lá no Interativo.

A coleção inverno 2014 é inspirada no jogo de xadrez e traz estampas exclusivas e os acessórios de Simone Andrade.  As meninas lindas são da Amazing Model.

malakoff6

malakoff1

malakoff3

malakoff5

malakoff2

malakoff4

A Malakoff tem loja no Parnamirim,  Estrada do Arraial, 2541 – Galeria Casa Grande – Loja 04

(Fica naquela galeria bem na frente do El Chicano, restaurante mexicano).

Moda na Rua

Domingo passado rolou o Moda na Rua, um evento fashion e democrático: na rua, de graça e sem lista vip de convidados.  As modelos eram as meninas convidadas das comunidades de Brasília Teimosa e do Pilar.

O Batida esteve por lá dando uma olhada e trouxe um videozinho dos desfiles pra vocês.

*Imagens Rodrigo Lôbo e edição de Maria Duda Moendy.

Bazar.

Sabe quando um monte de marca legal se junta numa mega-promoção? Pronto, é a nova edição do BAZAR JAQUEIRA com as marcas: Atelier Marinho, a multimarcas Juliana Beltrão, Mali, Alynne Borba, Mactoot e Dessert. Todas prometem vender coisas lindas com até 70% de desconto. #morri

O bazar acontece no próximo dia 5 de abril, das 9h às 19h, na loja Juliana Beltrão, que fica localizada na Rua Deputado Pedro Pires Ferreira, s/n, Jaqueira.

Quem chegar por último é a mulher do padre.

bazar2

bazarJuliana

Colar “Statement” chega ao Recife!

Faz tempo que procuro! Desde que vi os colares, com palavras gigantes, no pescoço das modelos da marca Lavin, que rodo essa cidade atrás da tendência. Lá fora chamam de “Statement Necklace”, ou seja, colar mensagem, porque ele afirma, com letrar garrafais: Amor, Faliz, Descolada, e assim por diante. Semana passada, finalmente, encontrei na Lubella, que é uma loja de semi-joias lá em Boa Viagem.

Os colares são banhados a prata e tem os dizeres que tem na gringa: Love, Cool, Happy!

lubellaaniversario3

A Lubella fica na Av.Conselheiro Aguiar,1555 – piso térreo – Galeria Shop Show Boa Viagem.

Telefone: (81) 3049-1748

“O inferno são os outros”.

Sabe o hospedeiro? É o cara que não fez nada errado, mas leva a culpa no final

Tipo assim; o Aedes aegypti. Um mosquito feliz, todo na moda com aquelas perninhas listradas em PB, mas ninguém quer ele passeando no jardim, porque né, ele é o hospedeiro do vírus de você sabe quem.

Pronto, eu sou o Aeds aegypit lá de casa. Que doença eu passo? O inferno astral alheio.

Pelo que tudo indica o vírus veio de Beka, que fez aniversário ontem. Aí, ele ficou incubado dentro da minha feliz e saltitante pessoa até que, com um espirro, passei para Rodrigo, que vai completar idade nova no fim deste mês. Era só isso que o azar estava procurando: um hospedeiro. Eu, que não tenho nada a ver com isso, cujo aniversário passou faz tempo e vai demorar mais tempo ainda para voltar, fui usada indiscriminadamente por essa virose cujos sintomas incluem mal-humor e azar, muito azar.

Vamos aos fatos:

Por esses dias a câmera fotográfica, única e cara, de Rodrigo quebrou. Putf, morreu, virou purpurina. O que eu tenho com isso? Foi durante um trabalho que ele estava fazendo para mim, mais precisamente para o blog. Passada a raiva e a frustração, ele deitou para descansar quando, ops, colocou o braço no ferro quente que EU havia deixado na cama.

Em minha defesa o Ministério do Bom Senso adverte: tem que olhar onde deita. Não adiantou, sobrou pra mim. Depois da emergência, curativo, pomada anti-inflamatória e a ameaça “vou dizer pra minha mãe que minha mulher deixa o ferro quente em cima da cama”, eu tentei amenizar a situação com o velho e bom: “amor, tá com fome? Faço uma comidinha delícia pra tu quando chegar em casa”.

E como todo inferno astral alheio que se preze, deu errado:

Fiz o jantar para Rodrigo e Victor que , na sequência, passaram a noite no banheiro  passando mal e com dores abdominais.

A culpa passou do presunto para o filé a parmegiana e eu saí do quarto quando eles começaram a perguntar se eu tinha lavado as mãos antes de preparar o jantar.

Estudos apontam: tá foda!

Com muito amor no coração, Rodrigo perguntou:

- Na moral amor, tu ta tentando me matar? Sei lá, com essas séries de assassinato que tu gosta de assistir….

A real é que quando Sartre escreveu “o inferno são os outros” ele estava pensando em mim para interpretar os outros.

Então, se eu ficar ausente nos próximos dias aqui no blog, é porque fui para o Cazaquistão esperar o aniversário de Rodrigo chegar.

- Cri, cri, cri…

Desfile do Batida na Tv: Karina Leão

Sexta passada (só demorei pra postar porque o final de semana foi bem louco) rolou o desfile da marca Karina Leão lá no Interativo.

A estilista levou uma coleção moderna, contemporânea e cheia de referências, do jeitinho que eu gosto.

Aqui, meus looks favoritos:

karina4

karina2

karina

karina3

Né massa?

Pra conhecer mais o trabalho da estilista, vai lá no Face dela. É só clicar AQUI.

E o palhaço o que é? (no backstage do circo Forilegio)

circo1

Porque eu tenho mais de 30 (bem mais de 30) circo sempre me lembra os Saltimbancos Trapalhões, quando Didi entrava por debaixo da lona para assistir ao espetáculo porque não tinha dinheiro para comprar a entrada!

Daí para ele se apaixonar pela equilibrista era um pulo.

Na fila no cinema São Luis, aquele bando de criança queria mesmo era sair do filme direto para um circo de verdade. Um circo que, sem lona rasgada, tivesse o globo da morte, os trapezistas e, principalmente, a equilibrista.

Fui para alguns espetáculos, de lá pra cá, mas nenhum com equilibrista. Circos lindos mas que mais pareciam espetáculos de teatro do que circo propriamente dito.

Aí, quando fui convidada para a coletiva de imprensa do Circo Florilegio, seguida de uma apresentação para convidados, não pensei duas vezes. E lá estava a equilibrista, enfim (com bicicleta e sombrinha cor-de-rosa).

O circo, ao contrário dos Saltimbancos, é um luxo só! Tecnologia, efeitos especias, show de águas, mas tudo isso apenas como um jeito moderno de mostrar o que eu queria ver: um circo tradicional de verdade.

O Florilegio conta a história de amor , verdadeira, de um casal que fundou um dos mais antigos circos do mundo: o Circo Nazionale Tongi. Pronto, tá explicado porque no fundo, escondido por trás de um monte de efeito moderno, o espetáculo é o de um circo tradicional, com todos aqueles número que até então eu só tinha visto nos filmes de Didi, Dedé, Mussum e Zacarias.

Saí de lá uma criança feliz!

circopalhaço

Claro que, memórias afetivas à parte, meu objetivo durante a coletiva era descobrir os segredos do figurino e da maquiagem dos personagens deste mundo encantado. Para minha surpresa, antes do espetáculo começar, o Batida Salve Todos (sendo eu, Bia e Rodrigo) fomos convidados a entrar no backstage e ver de perto os artistas se arrumando. Ok, momento “quase morri de emoção”. Me senti a Lucinha Lins, eterna musa de Didi, atriz que sempre fazia a equilibrista -bailarina, dos circos da minha memória infantil.

circo3

Lá descobrimos que o figurino foi inspirado na Belle Époque europeia. Muita renda, brilho, perucas, luvas e tudo que lembrasse o período de ouro da sociedade intelectual e artística do século XIX.

circo4

circoacessorios

circo2

A maquiagem foi uma surpresa. Descobrimos que, com o objetivo de preservar a identidade de cada artista, não existem regras nem padrões. Ao contrário, cada integrante do circo tem que criar e realizar sua própria maquiagem, de acordo com seu personagem.

circo5

circomake

Com 30 artistas de 12 nacionalidades diferentes, diversidade era a palavra chave. Cada um de um jeito e cada um mais incrível que o outro.

E o palhaço o que é? Ladrão de mulher!

Seguindo a tradição, o palhaço, durante a apresentação, pega umas pessoas da platéia e leva para o palco para um número de teatro/coméia. Ou, em outras palavras, para pagar um mico da categoria King Kong.

Quem foi escolhida? Euzinha. Levando Rodrigo a chegar a seguinte conclusão em relação ao circo:

“Regra básica de sobrevivência em circos: nunca sente na primeira fila. Você corre o risco de o palhaço alisar sua careca e levar sua mulher”.

Sem tirar nem pôr, foi exatamente o que aconteceu.

circoeu

A foto foi tirada pro Cláudia, do blog Corujices. Por sinal, uma ótima dica de blog pra quem tem filhos pequenos. O blog trata de TUDO do universo infantil, inclusive a programação do final de semana, para você ficar sabendo o que tá rolando e não deixar as crianças na tv o tempo todo. Para conhecer o blog, clica AQUI. #FicaDica

Então, nosso grand finale! Uma surpresinha especial que preparamos para vocês: Rodrigo (namorado, que além de gato é desenrolado) fez um filminho com imagens dos bastidores do circo. Tudo que eu vi, vocês podem ver também. Vê só:

O Circo Florilegio já está aberto ao público.
Onde: Av. Boa Viagem, no terreno próximo ao Hospital da Aeronáutica
Quando: De terça a domingo
Preços – de R$ 20,00 a R$ 100,00

Pocket desfile Iódice.

Para lançar sua coleção de inverno, a Iódice fez festinha!

Entre música boa, espumante e gente bonita, as modelos desfilaram os looks da marca. Esses foram meu preferidos:

desfileiodice1   desfileiodice3   desfileiodice2

Claro que fui num look Iódice, na vibe lady in red para dar boas vindas ao inverno (que poderia muito bem amenizar esse nosso climinha, né?)

desfileiodice4

O evento foi mega animado principalmente porque encontrei pessoas muito, muito, muito queridas. desfileiodice5

Derlon e a moda!

derlon1

Derlon é o artista recifense que mistura xilogravura e grafite criando um estilo pop regional lindo de dar gosto. Se você é do Recife já viu as coisas dele por aí. E se você é de fora, deve ter visto também, porque ele tem painéis e fachadas de prédios pintadas pela Europa afora. Coisa de mangueboy que saiu do mangue e ganhou o mundo.

Já a Vert é uma marca de tênis sustentável de Paris, com design francês mas matéria prima e fabricação 100% brasileiras.

Da junção desses dois, nasceu uma estampa recifense para o tênis gringo.

É que Derlon e a Vert fizeram uma parceia massa e agora os desenhos do artista estão nos pés do mundo!

derlon3

Já no final do ano passado, Derlon se misturou ao mundo fashion e pintou o painel do stand da Vert na Bossa Nova, feira de negócios de moda do Rio de Janeiro. Lá foi apresentado a nova estampa da marca.

derlon4

derlon5

Aqui no Recife você encontra Vert na Etiqueta Verde, loja de moda sustentável que fica na Conselheiro Portela, Espinheiro.

O tênis de Derlon ainda não chegou por aqui, mas falta pouco!

#Orgulho danado de ser do Recife (num vou mentir).

Dia de modelo para Scala

scalaapresenta

A Scala Rio Mar me chamou para tirar as fotos da nova coleção inverno 2014. Então, ignorando meus 1,63 m encarei a vida de modelo por um dia. Me diverti litros.

As roupas são mega confortáveis, além de lindas. A coleção tá um luxo e saí de lá me sentindo a Gisele.

Aí aproveitei e trouxe as fotos pra cá (claroooooooooooooooooo), numa ego lombra de quinta-feira, me achando a top (perdoem meus ataques de excesso de auto-estima, mas a auto-estima é tudo o que a gente tem nessa vida).

Meu conselho para este finalzinho da semana: sobe num salto, se joga num figurino da Scala e manda beijinho no ombro pras invejosa.

Agora, com vocês, a coleção (com as foto de Dany Canel):

scala4

scala5

scala

scala7

scala8

scala6

scala2

Dica: além do sexy, a Scala tem um linha de modelagem. Ou seja, levei pra casa uma calcinha modeladora, que não é sexy nem tem glamour mas faz milagres escondendo a barriguinha. Ela é uma calcinha bem alta, tipo que vai até acima do estômago, e prende até respiração.

 

Batida na TV: vida de modelo.

No programa de hoje a gente foi descobrir como é a vida das modelos do Recife. Vivi, da Amazing Model, abriu as portas da sua agência de modelos e nos contou todos os segredos desta profissão tão glamourosa. Também conversamos com Lauri, que é modelo e neste momento está no Seul Fashion, e Zárcia, que também é modelo e agora está passando uma temporada na Coréia do Sul.

E aí, se animou?
Então se seu sonho é ser modelo, seguem as agências top aqui do Recife:

Amazing Model. Para ir no site é só clicar AQUI.
A agência fica em Boa Viagem e o tel. para contato é:3466.2397

A EP Models fica em Areais, Recife.
O contato é: 3455.5849

A TC Fashion. Para entrar no site clique AQUI.
A agência fica na Rua Amélia, Espinheiro. Telefone para contato: 3241.6644

A Model Madness. Para entar no site clique AQUI.

Domingo tem Moda na Rua!

modanaruafrase

Essa é pra você não precisar ficar em casa assistindo Faustão e reclamando da vida: neste próximo domingo, a Rua Domingos José Martins (entre a Rua do Bom Jesus e a Rua da Guia) vai virar passarela! É que vai rolar o projeto Moda na Rua,com desfiles, stands de marcas, palestras, além de espaço para exposição de trabalhos de design, economia criativa, audiovisual e artes plásticas.

Tudojunto misturado, de graça e aberto ao público.

modaMarcas

Muitas marcas legais mostrarão seus trabalhos. Vê só:

Marcas com stands de venda: Fridas, Leandro Barros, Karina Leão, Fag, Maria Ribeiro, Fernando Viana Pisantes, Marina Morena, Desmantelo,Manufatura, Gigolé Acessórios, Desalinho Estamparia, Long´Falls, Pinna, Neto Criações e Rejane Trindade.

Desfiles de: Refazenda, Pinna, Calma Monga, Fenda, Noemy Rendas, Malakoff, Fernando Viana e Rejane Trindade.

modanarua3

Fica a dica:

Domingo, dia 30 de março

Das 16h às 22h na Rua Domingos José Martins., no Recife Antigo.

Apostas de inverno para o Social1.

Annelise, repórter do Social 1, me convidou para dar um rolezinho do RioMar e apontar as apostas para este inverno. Batemos perna até morrer, acompanhadas por Dayvison Nunes, fotógrafo do JC, e paramos em tudo que é loja. Vimos que quase todas as tendências deste inverno já estão nas araras.

Seguem algumas fotos, que roubei lá do Social1, do que achamos por lá:

social3

Macacão é uma grande aposta desta estação. As estampas variam entre o floral dark (flores no fundo escuro) ou a velha e boa animal print , que não vai sair de moda nemmmmm tão cedo. Achamos esses dois lindos: o primeiro da Cantão e o segundo na queridinha C&A.

Por falar em floral dark, essa estampa aparece em várias versões: vestido, bolsa, casaco, t-shirt. Vê só:

social2

Para não enjoar de animal print, a dica é trocar de animal. Deixa a onça descansar um pouco no seu guarda-roupa e se jogue na zebra, cobra ou na coruja, como é o caso deste vestido da Iódice aí de baixo (estampa de asa de coruja).

social1

E como todo inverno tem que rolar um casaco ou jaqueta, a tendência deste inverno (e de quase todo inverno) é o couro (ou material que imita couro). Achamos essas aí de baixo na C&A por precinhos camaradas.

social4

Outra estampa que promete encher as vitrines (já encontramos algumas, mas elas devem aparecer mais perto de Junho) é a pied de poule (que significa pé de galinha em francês. É esse xaderzinho pequeno, pb, bem a cara da Chanel.

Para ler o post completo, com essas e muitas outras dicas, é só clicar AQUI.

 

Festinha de lançamento na Iódice!

A festênha de lançamento da coleção inverno 2014 da Iódice vai rolar nesta quarta-feira e estão TODOS super convidados. Vamos ter música com nossa querida DJ descolada LalaK, pocket desfile, presença das it girls Duda Dubeux, Dulce Gayoso e Giovanna Zirpole, além da consultoria de moda desta blogueira que vos fala!

iodiceDesfile2

iodicelançamento

O eventinho fashion acontece a partir das 16h na Iódice do Shopping RioMar e só acaba quando a gente for expulso de lá!

Apareçam pra a gente trocar ideias sobre moda, ouvir boa música e tomar um espumante!

desfileiodice

Marco Pernambucano da Moda

marco1

Sexta-feira rolou a inauguração do Marco Pernambucano da Moda, uma incubadora de empresas e projetos relacionadas com o mundo da moda.

O Marco vai funcionar como uma “escola de formação de estilistas e designers de moda voltada à profissionalização da criação e ao empreendedorismo, oferecendo suporte técnico, gerencial e formação complementar aos empreendedores. ”

Eu e Bia, top assistente, fomos dar um rolezinho para conhecer as empresas (e os estilistas) incubados por lá. No galpão, que fica na Rua da Moeda, alguns stands estavam com seus show rooms pra a gente conhecer.

O que vimos:

marcoSrChica

A Srta.Chica é uma empresa que “apresenta a proposta de e-commerce com o serviço de consultoria de estilo agregado. Além de escolher uma roupa, a cliente pode montá-la com o tecido e a estampa da sua preferência, e ainda receber orientações de moda. Com isso, o negócio conta com um estoque de material rotativo uma vez que as peças são reaproveitadas conforme o pedido das consumidoras, o que é a característica sustentável desse projeto”.

marcoFenda

Na Fenda a “consultoria é carro chefe do empreendimento, que pretende orientar e treinar cada cliente para valorizar o seu tipo físico e suas formas que podem ser exploradas de fora para dentro. O negócio confecciona roupas femininas.”

marcoMaria1

marcoMaria2

Já Maria Ribeiro “desenvolve produção de acessórios com linha, arame, latão, retalhos e outros materiais sustentáveis e, por isso, oferece ao público produtos diferenciados. As peças têm alcance no mercado uma vez que vão do rústico ao delicado, além de se adequar a todas as faixas etárias, e circular em diversos ambientes.”

Eu aproveitei a paradinha no stand para ter uma aula prática, com a própria Maria Ribeiro, para fazer amarrações para o cabelo.  Adorei!

marcoOzi

Manoel Ozi “traz para o público e a crítica de moda em geral, uma visão inovadora dentro de um mercado comercial de produtos têxteis de referência na qualidade e acabamento.

marcoKarinaLeao

O Projeto de Karina Leão se chama 3Marias  e consiste em reutilizar. “Desconstruir o velho para construir o novo. A proposta é um desafio para qualquer criador de moda: criar algo novo, antenado a moda, usando o “velho” – roupas prontas. A partir de peças de roupas, acessórios e tudo mais que a criatividade permitir, a marca traz uma forma de consumir moda com consciência sustentável.”

marcomodifica

O Moda&Fica é um ”projeto visa à construção de um espaço físico de moda e estilo, exclusivamente feminino, em que contará com serviços de consultoria, fotografia e produção de beleza (maquiagem e penteado). A ideia é que a cliente saia desse ambiente pronta para ir à qualquer evento, através do atendimento e serviços personalizados.”

marcoMelk

Melk-Z-Da vem com o projeto Printzda que objetiva “comercialização de produtos de qualidade e preços competitivos, como t-shirts com linha de estilo pop, num mix entre arte e moda, que aliam estampas digitais e bordados manuais; papelaria e souvenirs.

Além destes que a gente visitou, ainda tem os projetos:

Remoda, Cabirêd, Coopcoste, 2Primas, Clap Clap e Na Emenda.

O Marco Pernambucano da Moda fica na Rua da Moeda, número 46.

Forever colonizados.

-Sabia que Pedro Álvares Cabral, um cascudo não faz mal, não descobriu o Brasil?

A informação, atrasada mas acertada, veio de Maria, 8 anos.

- Os índios já estavam aqui, minha filha!

Os índios, no entanto, não tinham garfo nem faca, porcelana nem Shopping Center.

Aí, por isso mesmo, no aportuguesamos no passado e nos americanalhamos no presente.

Forever colonizadas tentando imitar a corte, que hoje fala inglês e come pickles no sanduíche.

Dito isto, o reboliço é geral com a chegada da Forever 21, loja de departamento americana, que acabou de abrir as portas em São Paulo.

Quero ser gringa quando crescer, parecem dizer as legendas do Instagram fashionista das blogueiras do Brasil.

Qualquer semelhança com a inauguração da primeira McDonalds do Recife, não é mera coincidência. Nos idos de 1991, as filas para comprar um pão com hambúrguer e gergelim davam voltas no quarteirão. Agora, vamos repetir a cena para comprar na C&A americana, a Renner do Tio Sam, a Riachuelo que fala inglês.

No, thank you.

Se quando a Foerver 21 chegar ao Recife eu vou comprar?  Claro, adoro roupa barata. Só não vou dar gritinhos e chorar de emoção (sim, algumas cenas bizarras foram registradas na inauguração) como se a Chanel estivesse vendendo bolsa por 1,99.

O único gritinho que vou dar é:

- Independência ou morte.

*Para saber sobre a inauguração da loja ou ver fotos das roupas, basta clicar me QUALQUER blog de moda brasileiro.

 

 

Batida na Tv ao vivo: NOEMY.

Dia de sexta é dia de desfile e hoje trouxemos a beleza da renda renascença.

As peças são da  NOEMY, marca que tem 25 anos e é do interior de Pernambuco. Mas nem pense que é um desfile de artesanato, porque a marca faz renda com um jeito moderno e super fashion.

noemy2

noemy1

noemy4

noemy6

noemy5

noemy12

Incrível, né?

A Noemy é de Poção mas não precisa ir lá no interior pra comprar não. Eles tem site (clicar AQUI) e Facebook (clicar AQUI), aí você escolhe o que quer (ou encomenda) e eles entregam ou marcam um lugar para você ver as peças. Praticamente um delivery da renascença.

Os contatos: (87) 3834 1115 / 3834 1348 / 9145 9710

noemy@noemyrenascenca.com.br

E para deixar nosso desfile ainda mais lindo, usamos as semi-joias da Lubella.

noemy11

Meu look  de hoje foi da Noemy, claro, e tenho certeza que foi feito pra mim, de tão bem que vestiu.

Vê que lindeza:

noemy7

noemy9

noemy8

noemy10

Meu look:

Vestido – Noemy

Sandália – Via Mia

Aneis – Lubella e C&A

Próxima sexta tem mais. O Interativo começa de 13:20, visse?

Rolezinho na C&A

O preview de inverno já está nas araras da loja de departamento que a gente ama. Xadrez, preto, macacão, botas, correntes e preto misturadas com as promoções de verão. Garimpando se acha preciosidades.

A coleção da MOB para C&A fez meu coração bater, principalmente por esse pretinho clássico aqui:

cea3

Não é pechincha, porque é coleção assinada, mas vale a pena! Deu aquela sensação que vou usar esse vestido por muito tempo porque é lindo e básico, nada de cara da última tendência que você pode enjoar em 3, 2, 1…

Gosto de comprar coisas assim, que vão durar no meu coração. Por isso valeu o investimento.

Além de roupinhas fofas, a MOB também criou bijus e bolsas. Curti algumas.

cea1

Minha fase brincão continua firme e forte, como dá pra perceber!

Esse colar aí de baixo eu achei um escândalo de lindo e usaria, ao contrário da expectativa comum, com uma t-shirt podrinha de banda de rock, para equilibrar o look perua com o casual.

cea2

Por falar em t-shirts podrinhas, achei umas ótimas (que não são da MOB, não). Inclusive garimpei lá na sessão masculina que tem coisas mais legais que as caveiras femininas (mais uma caveira e eu tenho um A.V.C voluntário).

Essa masculina aí é PP e pode levar uma guaribada (cortar mangas e tal) quando chegar em casa. Joga com uma sainha pra ficar feminino!

cea4

S.O.S cabelo!

Carnaval é ótimo mas depois que passa deixa um rasto de destruição, e olhe que hoje o assunto nem é o fígado!

Todo ano mudo de fantasia e este ano resolvi mudar de cabelo (várias vezes). Foi massa, não me arrependo e vou repetir as loucurinhas carnavalescas próximo ano, mas depois de 4 dias de folia capilar, o cabelo precisa de ações emergenciais para se recuperar.

Vamos rever as principais atrações deste ano:

soscabelo1

E depois desta arco-íris, meu cabelo pediu socorro.

Recorri a várias coisas diferentes: shampoos, máscaras, condicionadores especiais, óleos, tudojuntomisturado. Não rolou. Foi quando descobri essa novidade da Natura (as meninas de lá, vendo a situação do meu cabelo, me mandaram esse lançamento pra eu provar e salvar meus fios): é a ampola multibenefícios da Natura Plant.  Basta usar como um condicionador, por 3 minutos, e tcharammmmm (o negócio nutri, reduz danos, fortifica os fios que estavam querendo se suicidar, dá brilho, sela cutículas, é antifrizz e um monte de outras coisas). Tipo: tudo num produto só.

soscabelo2

Eu testei, aprovei e no próximo Carnaval já posso começar tudo de novo!

Batida na Tv: Acessórios!

Fomos para a Rua de Santa Rita, no centro da cidade, procurar as novidades e pechinchas no maravilhoso mundo dos acessórios!

Viu a dica de fazer seu próprio broche em casa? Então deixa de preguiça e mãos a obra.

Se liga que na sexta tem um desfile massa , no ao vivo, com roupas em renascença. Um luxo só.
É de 13:20, visse?